Masturbação feminina: descubra como chegar ao prazer sem tabus

Masturbação feminina: descubra como chegar ao prazer sem tabus

Conhecer o seu próprio corpo e entender quais estímulos geram prazer é fundamental para que você tenha relações sexuais mais saudáveis e prazerosas. Contudo, a sociedade atual ainda coloca a masturbação feminina em um grande local de tabu. 

Embora os homens tenham total liberdade para falar sobre o assunto, 1 em cada 5 mulheres relatam que nunca experimentaram a prática.

E você, sabe como sentir prazer sozinha ou ainda enxerga a masturbação como algo feio e sujo? Neste post, vamos quebrar alguns tabus e explicar como você pode tornar esse momento mais íntimo e prazeroso. Confira.

Autoconhecimento é tudo

O prazer feminino é constantemente envolto em uma zona de mistério. Por conta disso, muitas mulheres acabam se sentindo constrangidas em explorar os próprios corpos, o que pode impactar, inclusive, na qualidade do sexo.

Assim, a primeira lição para quem quer chegar lá é exatamente a curiosidade. Não tenha medo de tocar em todo o seu corpo e descobrir quais toques dão sensações de prazer.

A vagina não é a única zona erógena do corpo feminino e não é a única região que pode ser estimulada. Na hora da masturbação ou mesmo durante o banho, experimente tocar diferentes áreas do corpo e perceba o que cada toque faz você sentir.

Esqueça a ideia de certo e errado

A sexualidade feminina é socialmente rejeitada, o que faz com que grande parte das mulheres se sintam erradas e até mesmo sujas quando o assunto é masturbação. Assim, por não conhecerem o próprio corpo e as próprias preferências, elas acabam priorizando somente o homem nas relações sexuais.

Um ponto importante para quebrar esse tabu, portanto, é entender que não existem regras nem certo e errado na hora do prazer. Assim, tente abandonar esses conceitos deturpados e busque focar apenas no seu corpo e nas sensações que ele proporciona.

Essa mudança de atitude vale também para os momentos sociais. Sabe aquela amiga que gosta de contar suas experiências e fantasiar sobre sexo? Ao invés de julgá-la, que tal participar das conversas e deixar sua mente fantasiar também?

Crie um momento seu

A masturbação feminina é mais do que um alívio imediato, ela pode se tornar um momento de conexão com o seu corpo e o seu prazer, portanto, procure um local calmo em que você possa relaxar e estimular todos os seus sentidos.

O ideal é optar por um ambiente em que você não seja interrompida e se sinta confortável. Se precisar, busque recursos sensoriais, como um banho relaxante de espuma, imagens de um ensaio sensual ou mesmo sites de pornografia focados no prazer feminino. 

Brinquedos, por que não?

Os sex shops estão recheados de boas opções de acessórios que podem facilitar e potencializar o prazer da mulher, por isso, vale a pena explorar possibilidades sem medo.

Vibradores, sugadores de clitóris e até mesmo géis que esquentam ou esfriam podem fazer a diferença na masturbação feminina. Independentemente da escolha, é importante entender que o prazer vai além do estímulo genital, dessa forma, uma autoestima elevada e uma imaginação fértil podem se mostrar excelentes afrodisíacos.

Não se sinta pressionada em chegar lá

Se prender a ideia de chegar ao orgasmo pode ser um verdadeiro "corta-clima" para a sua masturbação. Por isso, relaxe, curta o momento, foque em pensamentos que lhe tragam desejo e entenda que chegar lá é só uma consequência dos estímulos.

A masturbação feminina é um tabu em boa parte da nossa sociedade. Contudo, conhecer o próprio corpo e identificar o que lhe dá prazer é fundamental para melhorar as relações sexuais e a sua autoestima.

Gostou do post? Então siga nosso perfil do Instagram e fique por dentro de mais conteúdos como este.