O hímen pode ser rompido ao usar coletor menstrual? Conheça essa e outras dúvidas frequentes

O hímen é uma pequena membrana protetora localizada na entrada do canal vaginal.

No entanto, ele é uma parte do corpo que muitas pessoas não conhecem de fato, sendo assim, ele é cercado de mitos…

Como, por exemplo, muitas pessoas associam o hímen à virgindade dizendo que ele se rompe durante a primeira relação sexual.

Porém, você sabia que o hímen pode ser rompido muito antes do primeiro contato sexual? 

Sim! Existem uma série de situações que podem causar o rompimento dessa membrana protetora.

E, ao contrário do que muitas pensam, o hímen não serve para nada, acredita nisso?

“Ele não tem função orgânica, não serve para proteger de infecções, não faz diferença alguma…

Ele apenas existe, anatomicamente, na vagina da mulher”, explica Carolina Ambrogini, ginecologista e sexóloga coordenadora do Centro de Sexualidade Feminina da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) para o site UOL.

Pensando nas milhares de dúvidas que ainda temos referente ao hímen, no conteúdo de hoje vamos aprender tudo sobre o hímen!

Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue a leitura, amiga!

O que é hímen?

Muitas pessoas possuem dúvidas do que é e onde fica o hímen, por esse motivo, vamos começar por aqui…

O hímen é uma pequena membrana protetora localizada na entrada do canal vaginal.

Ele possui uma pequena abertura que permite a saída da menstruação e das secreções vaginais.

Muitas pessoas acreditam que o hímen cobre totalmente a abertura da vagina até que ele seja rompido, mas geralmente não é esse o caso. 

Inclusive, você sabia que existem casos em que a mulher nasce sem a pequena membrana protetora?

Por isso, é importante saber que existe mais de um tipo de hímen e cada mulher possui um tipo diferente.

Como muitas pessoas já sabem, o hímen geralmente é rompido no primeiro contato sexual. 

No entanto, a virgindade não está ligada ao hímen, pois existem outras situações que podem causar o rompimento do hímen.

A mulher consegue ver o hímen?

É praticamente impossível localizar o hímen, mesmo se você estiver usando um espelho e uma lanterna.

Isso porque ele possui a mesma cor do interior da vagina, sendo assim, é como se o hímen estivesse “camuflado”.

Além disso, também é quase impossível conseguir sentir o hímen com os dedos…

Da mesma forma, se houver penetração do penis ou dedos, o seu parceiro – ou parceira – também não irá sentir.

Quais os tipos de hímen?

Como já falamos aqui, existem mais de um tipo de hímen e toda mulher possui um formato. 

O tipo de hímen mais comum é o anular, que possui um furinho bem no meio da membrana, facilitando a saída da menstruação e das secreções vaginais. 

Porém, existem cinco tipos diferentes de hímens, ou seja, alguns são mais fechados, outros mais elásticos…

E, há um tipo que é totalmente fechado e pode causar algumas complicações pois ele bloqueia a passagem do fluxo menstrual.

Confira abaixo os cinco tipos de hímen e suas principais características: 

Hímen anular

Como já falamos, esse é o tipo mais comum de hímen. 

Ele é chamado assim porque lembra o formato de um anel

Isso porque ele possui uma abertura no meio da membrana, por onde passam a menstruação e as secreções vaginais.

Geralmente, o hímen anular tende a esticar aos poucos durante a primeira relação sexual, até se romper por completo. 

Após o rompimento, o sangramento pode acontecer, porém, não é obrigatório.

Hímen septado

O hímen septado – também conhecido como hímen biperfurado possui apenas um orifício, porém, conta com uma pele que o divide em dois furinhos.

Alguns tipos de himens são mais resistentes que outros, e neste caso, o hímen septado é um deles…

Por conta disso, ele não é rompido facilmente, podendo causar desconforto nas primeiras relações sexuais.

Hímen cribiforme

Ao contrário dos outros que citamos acima, esse tipo de hímen possui diversos pequenos furos, como se fosse uma peneira…

Devido ao seu formato, ele facilita a passagem da menstruação e das secreções vaginais – como o muco cervical e os corrimentos.

O hímen cribiforme possui a membrana mais resistente e, por esse motivo, pode levar mais tempo para ser rompida naturalmente

Além disso, ele tende a gerar incômodo e sangramento durante o sexo

Em casos mais raros, pode ser necessário romper o hímen cribiforme através de procedimentos cirúrgicos.

Hímen complacente

Você sabia que é possível o hímen esticar e voltar ao seu estado normal após a penetração?

Esse é o caso do hímen complacente!

Esse tipo de hímen é mais grosso e elástico e, por essa razão, pode não se romper durante a primeira relação sexual.

O formato do hímen complacente é bem parecido com o do hímen anular ou seja, com um orifício central. 

Devido a sua flexibilidade, pode acontecer do hímen complacente nunca se romper completamente… 

Inclusive, existem alguns casos em que esse tipo de hímen só se rompe durante o parto natural. 

Incrível demais, não é mesmo?

Hímen imperfurado

Apesar de alguns tipos de hímens também serem resistentes, nenhum deles é mais resistente que o imperfurado.

Ele é o mais raro da lista e costuma ser identificado muito antes do início da vida sexual, sabe por quê?

Porque a membrana cobre totalmente a abertura da vagina.

Ou seja, o hímen imperfurado é o único de hímen que é completamente fechado não possui nenhum furinho na membrana.

Sendo assim, o diagnóstico costuma ser feito com a chegada da primeira menstruação

Pois o fluxo menstrual fica retido no organismo e acaba causando sintomas, como dores abdominais e outras complicações. 

Nesses casos, o rompimento deste tipo de hímen deve ser feito através de uma cirurgia, que consiste em um pequeno corte na membrana para remover o tecido em excesso.

A virgindade está ligada ao hímen?

Há muito tempo as pessoas relacionam o rompimento do hímen com a virgindade.

Ou seja: se o hímen está rompido a pessoa não é mais virgem!

Porém, não é bem assim que acontece, viu?

Pode acontecer do hímen ser rompido devido a penetração, mas, muitas meninas possuem essa membrana mais elástica, enquanto em outras é mais resistente...

Por esse motivo, pode acontecer do hímen não ser rompido mesmo após o primeiro contato sexual!

Aliás, não é somente a penetração que pode causar o rompimento da membrana protetora, sabia?

Algumas atividades simples podem ocasionar o rompimento do hímen, como por exemplo:

  • Movimento brusco, como abrir as pernas;
  • A prática de algum esporte;
  • Andar a cavalo;
  • Masturbação com os dedos;
  • Masturbação com objetos;
  • Lesões, como cair de bicicleta, por exemplo.

Esses e outros fatores podem ser responsáveis pelo rompimento da membrana protetora – ou seja, o hímen.

Ou seja, se uma pessoa quando criança teve a ruptura do seu hímen por conta de algum acidente, isso não significa que ela deixou de ser virgem, certo?

Afinal, quando criança ela nunca teve uma relação sexual…

O que aconteceu foi apenas o rompimento da membrana que fica ali na entradinha da vagina.

Inclusive, existem casos de mulheres que nascem sem o hímen. 

Sendo assim, a virgindade em si significa a primeira experiência sexual e não tem ligação com o hímen!

Outro fato muito importante é que a primeira experiência sexual e a “perda da virgindade” não é apenas entre o pênis e a vagina, viu?

O coletor menstrual tira a virgindade?

Muitas mulheres perguntam se o coletor menstrual pode tirar a sua virgindade…

No entanto, a pergunta certa seria: o coletor menstrual rompe o hímen?

Isso porque, como falamos acima, a virgindade significa a primeira experiência sexual e não tem ligação alguma com o hímen.

O hímen nada mais é do que uma pele fina que fica localizada na entrada da vagina…

Sendo assim, qualquer produto introduzido na vagina pode romper o hímen da mulher

Mas, isso vai depender do tipo de hímen que a mulher possui, isso porque existem hímens que são mais resistentes, lembra?

Além disso, algumas mulheres nem possuem um…

Sendo assim, não se preocupe, porque a sua virgindade só pode ser “perdida” por meio de relação sexual. 

Ou seja, os coletores menstruais não podem tirar a sua virgindade!

Então, se você é virgem e deseja adquirir o seu copinho reutilizável, o coletor menstrual fleurity mini é ideal para você!

O coletor mini foi desenvolvido especialmente para mulheres virgens e possui um tamanho muito menor que os outros.

Quer saber mais sobre o coletor menstrual?

Veja aqui: 5 motivos para comprar o seu coletor menstrual Fleurity

Se o hímen romper vai sangrar?

Ao contrário do que muita gente pensa, não são todas as mulheres que têm sangramento vaginal após a primeira relação sexual

Embora a maioria das mulheres tenham um sangramento, isso não é uma regra, ok?

Na verdade, não ter sangramento na primeira vez também é bastante comum!

Isso acontece porque cada mulher tem o seu hímen com uma espessura diferente, e em alguns casos, há mulheres que nascem sem essa membrana!

Como já te contamos, o hímen é uma membrana fina que cobre a entrada do canal vaginal... 

E, muitas vezes, essa membrana pode se adaptar à mucosa vaginal quando é penetrada e não causar nenhum sangramento. 

Além disso, nas mulheres que possuem o hímen mais elástico e resistente, dificilmente haverá perda de sangue durante o rompimento.

Então, a quantidade e o sangramento vão depender da espessura, tamanho e tipo de hímen!

É importante lembrar que a quantidade de sangramento são apenas algumas gotas e não é nada exagerado, como o fluxo da menstruação. Viu?

Chegamos ao fim de mais um conteúdo recheado de curiosidades e informações aqui no Blog da Fleurity!

Esperamos que você tenha gostado e todas as suas dúvidas tenham sido esclarecidas.

Caso você ainda não siga a Fleurity Brasil no Instagram, corre para seguir! Sabe por quê?

Lá no Instagram postamos conteúdos todos os dias no feed e nos stories, abordando assuntos como saúde feminina, menstruação, sustentabilidade e muuuito mais.

Eu te espero no próximo conteúdo, beijinhos!

Carrinho de compras

Não há mais produtos disponíveis para compra

Seu carrinho está vazio.

✔️ Produto adicionado com sucesso.