O OB ficou preso no útero? Saiba o que fazer e alternativas para esse desconforto

Um dos maiores receios de quem usa absorvente interno, também conhecido como “O.B” é ele ser perdido dentro do corpo.

Mas, será que essa preocupação é realmente necessária?

Apesar de ser uma das opções mais conhecidas e utilizadas durante o período menstrual, o absorvente interno pode apresentar riscos à saúde.

A vagina é uma área vulnerável, e por esse motivo, toda mulher deve saber o que está sendo exposta ao utilizar esses produtos.

Pois, assim como qualquer produto, o O.B também possui suas desvantagens…

O uso do O.B pode alterar o pH vaginal, além de desequilibrar a flora que a protege e que mantém na linha as bactérias.

As alergias a certos elementos químicos costumam aparecer com frequência e causar sintomas como ardência e coceira.

Mas, por qual motivo isso acontece?

No conteúdo de hoje vamos falar sobre os riscos do absorvente interno para a saúde vaginal e explicar se ele pode ficar preso dentro do útero.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue a leitura amigx!

Secura vaginal

O absorvente interno não absorve somente o fluxo menstrual, mas também a umidade natural da vagina, podendo causar ressecamentos.

Inclusive, você sabia que 35% do que é absorvido é umidade do corpo e não sangue?

Ou seja, com a região ressecada, o algodão atrita com o interior da vagina e pode causar irritação.

Síndrome do Choque Tóxico (SCT)

Ficar com o absorvente interno por muitas horas pode ocasionar em um acúmulo de sangue menstrual

Com isso, cria-se um ambiente propício para a proliferação de bactérias.

A Síndrome do Choque Tóxico é uma infecção grave, que se produz por bactérias como a Staphylococcus aureus e a Streptococcus pyogenes.

Quando essas bactérias entram na corrente sanguínea, há uma produção de toxinas, que podem desencadear complicações graves.

Os sintomas da síndrome do choque tóxico podem variar de pessoa para pessoa. 

Porém, a Síndrome do Choque Tóxico costuma ser mais comum entre pessoas que possuem a imunidade mais baixa.

E, na maioria dos casos, os sintomas aparecem repentinamente. 

Confira abaixo quais são os sintomas mais comuns desta condição:

  • Febre repentina;
  • Pressão sanguínea baixa;
  • Dor de cabeça;
  • Dores musculares;
  • Confusão mental;
  • Diarréia;
  • Náuseas e vômitos;
  • Irritação na pele;
  • Vermelhidão dos olhos, boca e garganta;

Essa condição pode evoluir rapidamente, podendo conduzir a consequências graves, como a insuficiência renal, hepática ou cardíaca.

Por esse motivo, é preciso tomar cuidado ao usar absorventes internos e trocá-los com frequência.

Não é indicado para fluxos intensos

Talvez esse não seja um risco à sua saúde, mas a verdade é que o absorvente interno não foi pensado para quem possui fluxo intenso.

Ao utilizá-lo, você pode se sentir insegura, já que a chance de vazamentos é maior do que qualquer outra opção.

Além disso, o O.B retém a menstruação dentro da vagina, correto? 

E, se o fluxo menstrual for intenso, isso pode favorecer a proliferação de fungos e bactérias.

Produção excessiva de lixo

De acordo com a Menstrual Health Alliance India, um absorvente descartável pode levar de 500 a 800 anos para se decompor no meio ambiente. 

E, segundo a organização britânica Friends of Earth, a maioria desses produtos contém mais de 90% de plásticos – e cada unidade equivale a quatro sacolas plásticas. 

Sendo assim, se cada pessoa que menstrua utiliza cerca de 10 mil absorventes descartáveis ao longo da vida…

Você já imaginou quais os prejuízos e a quantidade de lixo que é gerado?

Um relatório elaborado pelo Comitê Ambiental da Assembleia de Londres em 2018, no Reino Unido, estima que cada pessoa descarte cerca de 400 quilos de embalagens de absorventes ao longo da vida. 

Riscos à saúde da vagina

O absorvente interno é feito à base de algodão e fibras sintéticas…

E, no branqueamento do algodão que é usado na fabricação de alguns dos absorventes, são utilizadas substâncias químicas

No entanto, a mucosa da vagina, que é sempre úmida, pode absorver resíduos dessas substâncias que ficam no interior do canal vaginal

Confira abaixo quais são essas substâncias consideradas nocivas a saúde vaginal:

Rayon

Os absorventes internos não são apenas feitos de algodão, mas também de rayon, que libera fibras dentro do corpo feminino. 

Essas fibras sintéticas, utilizadas para aumentar a absorção do absorvente, formam um ambiente ideal para a proliferação de bactérias.

Um estudo conduzido por médicos da Universidade Yale (EUA), apontou que os absorventes proporcionam um meio viscoso propício para o desenvolvimento das bactérias

Inclusive, a Síndrome do Choque Tóxico, que acabamos de falar, é causada por um tipo de bactéria. 

Seda artificial

Essa seda é branqueada com cloro e é uma fibra altamente absorvente. 

E por conta dessa fibra, pode causar secura vaginal e prejudicar o revestimento de proteção natural da mucosa da vagina

Estes químicos causam sintomas semelhantes aos da candidíase, como alergias, vermelhidão e até corrimento.

Dioxina

Já se perguntou como os absorventes ficam com aquela aparência super branca e limpa? 

Bom, nós vamos te explicar como isso acontece…

Os níveis de dioxina nos absorventes internos foram analisados pelo FDA (agência norte-americana de regulação de alimentos e medicamentos)...

Onde os resultados mostraram que os níveis de dioxina são extremamente baixos e não representam risco para a saúde.

No entanto, o EPA (agência de proteção ao meio ambiente) é contra esse discurso e diz que não há nenhum nível considerado seguro de exposição.

Cloro

Para deixar o absorvente branco, é necessário o uso do cloro no processo de branqueamento

Porém, o uso de cloro pode levar a um subproduto de dioxina.

Não dá para perder nada dentro da vagina

Quem nunca ficou com medo de colocar algo interno e “perder” dentro da vagina? 

Essa é a preocupação de muitas mulheres que usam o O.B…

Aliás, muitas já relataram que tinham – ou ainda têm – medo de usar o coletor menstrual por esse motivo…

Mas, fique tranquila… 

Felizmente, não tem como perder algo dentro da vagina, dessa forma, você pode ter certeza que se entrou, vai sair, ok?

Afinal, não há nenhum tipo de “portal” dentro da vagina que faça as coisas desaparecem ou transitarem dentro do nosso corpo!

A vagina tem o fundo fechado, como se fosse um copo…

A abertura seria a entrada da vagina e o fundo do copo seria a sua parte final…

O final da vagina se encaixa ao colo do útero, que, daí sim, tem uma abertura…

Mas a abertura do colo do útero é muuuito pequena, tão pequena que não é possível entrar um objeto, por menor que seja ele.

Sendo assim, se o motivo pelo qual você ainda não usa o coletor menstrual ou disco menstrual é o medo de ficar preso dentro da vagina…

Não tem mais por que alimentar esse medo, né?

Se joga nesse conteúdo que separamos para você tirar todas as suas dúvidas e conhecer tuuudo sobre o coletor menstrual!

Veja em: Tudo o que você precisa saber sobre coletor menstrual

Quais as opções para substituir o absorvente interno?

Disco menstrual

Extremamente flexível, reutilizável, fácil de encaixar e não precisa de vácuo…

Estamos falando dele: o disco menstrual Fleurity. 

Diferente do coletor menstrual, que precisa de vácuo para ser encaixado e fica posicionado na entrada do canal vaginal…

Afinal, o que é disco menstrual? Como o próprio nome sugere, parece um disquinho e tem o formato oval que encaixa junto ao colo do útero

Além de não precisar fazer vácuo para encaixar!

Apesar de serem semelhantes aos coletores menstruais e ter quase a mesma função dos copinhos: coletar o sangue da menstruação e evitar que manche suas roupas…

O disco menstrual possui outra função que é maravilhosa para os dias de menstruação…

Um dos maiores benefícios do disco menstrual é onde ele fica encaixado, pois, próximo ao colo do útero o canal vaginal fica “livre”...

Isso porque além de coletar o sangue, ele deixa o canal vaginal livre para o sexo com penetração!

Muitas pessoas se sentem mais excitadas durante a menstruação, por isso, não dá para deixar de aproveitar esse período…

Transar menstruada é ótimo porque é possível aproveitar o sangue menstrual como uma lubrificação natural, tornando as relações mais prazerosas. 

Ah! E sexo oral e a masturbação também está liberado com o uso do disco menstrual, viu?

Com o disco menstrual, o sexo oral e a masturbação são seguros, pois ele fica bem longe da área externa e da vulva

Sendo assim, não há motivos para preocupações neste momento. Só aproveita!

É importante lembrar que o disco menstrual pode ser usado por até 12 horas, e não pode passar disso.

Não se esqueça que o disco menstrual não é um método contraceptivo, por isso, ele não substitui a função dos preservativos, ok?

Coletor menstrual

O coletor menstrual Fleurity é um copinho feito de silicone, hipoalergênico e muito flexível…

E, é considerado uma das melhores opções para os períodos menstruais por ser ecológico, higiênico, econômico e reutilizável. 

Diferente dos absorventes descartáveis, que devem ser trocados em intervalos de poucas horas, os coletores menstruais só precisam ser retirados, esvaziados e lavados aproximadamente a cada 12 horas.

Além disso, o coletor menstrual é saudável para a vagina, pois coleta apenas o fluxo menstrual, sem interferir na umidade, no pH ou na flora vaginal.

Por possuir um material confortável que se adapta ao canal vaginal, ele possibilita que você faça atividades físicas mesmo em dias de fluxo intenso, como: musculação, yoga, corrida, natação e ciclismo...

Além de facilitar e trazer segurança para o dia a dia e permitir que você use roupas claras e, até mesmo, durma sem calcinha!

O coletor menstrual é tudo o que você precisa, confortável, sustentável e seguro!

Calcinha menstrual

A Fleurity colocou no mercado uma calcinha absorvente, também conhecida como calcinha menstrual, perfeita para mulheres que possuem um fluxo intenso.

A parte que fica em contato com a vulva possui dupla camada absorvente, devidamente certificadas e recomendadas por ginecologistas. 

Já o resto da calcinha é de malha modal antimicrobiana, respirável e impermeável evitando, assim, possíveis vazamentos.

Ou seja, além de sentir-se segura durante o ciclo menstrual, você ainda reduz a produção de lixo orgânico ao economizar com absorventes.

Quer saber mais sobre as calcinhas absorventes?

Veja aqui: Conheça as 6 principais razões para comprar a sua calcinha absorvente

Chegamos ao fim de mais um conteúdo recheado de curiosidades e informações aqui no Blog da Fleurity!

Esperamos que você tenha gostado e todas as suas dúvidas tenham sido esclarecidas.

Caso você ainda não siga a Fleurity Brasil no Instagram, corre para seguir! Sabe por quê?

Lá no Instagram postamos conteúdos todos os dias no feed e nos stories, abordando assuntos como saúde feminina, menstruação, sustentabilidade e muuuito mais.

Eu te espero no próximo conteúdo, beijinhos!

Carrinho de compras

Não há mais produtos disponíveis para compra

Seu carrinho está vazio.

✔️ Produto adicionado com sucesso.