Por que o empreendedorismo feminino precisa ser estimulado?

Por que o empreendedorismo feminino precisa ser estimulado?

Começar e desenvolver um negócio de sucesso não é uma tarefa fácil, não importa o seu gênero. Hoje, o mercado está competitivo e, se você quer ser o líder do seu próprio negócio é preciso muito esforço para vencer alguns obstáculos.

De fato: todos os empreendedores passam por desafios na sua caminhada, mas existem situações que são análogas somente as mulheres, que dizem respeito ao sexismo e misoginia intrínseco na sociedade. 

Por essa razão, falar sobre empreendedorismo feminino é tão importante e deve ser executado sempre que possível. 

Hoje, 19 de novembro, é comemorado o dia do empreendedorismo feminino — e, nós, da Fleurity, como uma empresa que dá voz às mulheres, preparamos um artigo completo sobre o assunto com tudo o que você precisa saber. Então, pegue o bloquinho de notas e venha com a gente

 

O que é empreendedorismo feminino?

Empreendedorismo feminino pode ser definido como uma mulher ou um grupo de mulheres que inicia, organiza e dirige uma empresa

De modo geral, o empreendedorismo feminino corresponde àquelas mulheres que pensam em um negócio, iniciam-no, organizam e combinam fatores de produção, operam a empresa e assumem riscos e lidam com a incerteza econômica e social envolvida em sua gestão.

Nos últimos anos, o empreendedorismo feminino é um tema frequente de debate nas redes sociais, visto que, cada vez mais mulheres estão criando suas próprias empresas e criando uma rede de apoio entre si para apoiar mulheres gestoras!

 

Qual a importância do empreendedorismo feminino?

Na maioria dos países, as mulheres têm menos negócios ou realizam trabalhos com remunerações mais baixas. 

De modo geral, as mulheres podem contribuir para o crescimento econômico se conseguirem abrir mais negócios atendendo a nichos diferentes dos homens. Nesse sentido, trazer mais mulheres empresárias para o mercado garante negócios mais bem-sucedidos. 

Além disso, mulheres empresárias podem apoiar outras mulheres que vivem na pobreza. Isso ajudará na redução da pobreza e na remoção de barreiras. 

Por exemplo, as mulheres que obtêm rendimentos assumem um papel social e defendem a independência. Dessa forma, a importância do empreendedorismo feminino é valiosa, pois as mulheres são mães e apoiam as crianças, podendo eliminar a pobreza na infância. 

Como resultado, as crianças, quando crescem, também apoiam o crescimento econômico, ao passo que adquirem uma visão social ampliada. 

O empreendedorismo feminino e a inovação

As mulheres empresárias costumam seguir uma prática de vida dupla. 

Apesar disso, elas continuam a desenvolver ideias inovadoras, encontrando maneiras de se atualizarem por meio do aprendizado contínuo e da obtenção de experiências relevantes. 

Embora equilibrar a vida familiar e empresarial possa ser desafiador, as mulheres perseveram e administram seus ambientes domésticos e suas carreiras com maestria

 

Dicas para mulheres que querem empreender

Com mais mulheres se aventurando no mundo dos negócios, o cenário atual é perfeito para quem quer empreender e construir um negócio de sucesso. No entanto, seguir algumas boas dicas pode ser fundamental nesse processo. 

Confira abaixo: 

Lute contra os seus medos

O medo do fracasso pode ser grande, mas não é motivo para te parar. Então, ainda que você esteja entrando em um cenário onde homens são maioria e as mulheres não tenham muita voz, acredite na sua capacidade e não perca a coragem. 

Certamente, os seus passos abrirão caminho para outras mulheres empreendedoras e você se tornará referência na sua área. Afinal, o que mulheres não podem fazer, né?! 

Tenha perseverança e paixão

Se você teve a ideia de um negócio inovador e sabe que essa é uma boa ideia, tenha perseverança e paixão. Você pode estar adentrando em um mercado novo e cheio de desafios, mas certamente o produto ou serviço que você criar terá espaço e transformará a vida das pessoas.

Tenha paixão e coragem pela sua ideia, mesmo que, a princípio, o mundo não te dê forças para isso. Em breve, você encontrará alguém que te apoia e agradecerá por não ter desistido

Aprenda no trabalho

Normalmente, por existirem em uma sociedade patriarcal e repleta de desafios diários, a maioria das mulheres sentem que precisam saber absolutamente tudo antes de começarem a empreender.

No entanto, às vezes você tem que sonhar alto e estar preparado para atualizar suas habilidades ao longo do caminho.

Procure apoio

Procurar apoio é muito importante quando você está entrando em uma área nova. Por isso, não hesite em buscar o suporte de amigos, familiares e colegas de trabalho que já passaram pela sua vida.

Por exemplo, você está montando um negócio digital, mas não sabe muito sobre a implementação de softwares, algo que será muito importante no seu dia a dia. O que você pode fazer, então, é entrar em contato com pessoas que tenham conhecimento na área, construindo, assim, uma rede de relacionamento e apoio. 

 

O futuro do empreendedorismo feminino no Brasil

No Brasil, as mulheres estão cada vez mais fortes e confiantes na qualidade do seu trabalho. Como resultado, dados da Rede de Mulher Empreendedora (RME), mostram que mais de 50% das empresárias brasileiras abriram um negócio nos últimos anos. Além disso, na pandemia este número está quase chegando a 30%!

Mulheres como Luiza Helena Trajano, CEO do Magalu, Bianca Andrade, CEO da marca de maquiagens Boca Rosa e de tantos negócios inspiradores que acessamos diariamente nos dão a esperança de que estamos caminhando para um futuro mais diverso — e feminino!

Por fim, antes de você ir, te convidamos a acessar o blog da Fleurity e ler vários conteúdos escritos com muito carinho para pessoas que menstruam ficarem informadas. 

Até o próximo artigo e lembre-se de não desistir dos seus sonhos. Acreditamos em você!