Puberdade: o que acontece no corpo das meninas e como encarar essa fase

É comum ouvir o quão complicada é a fase da adolescência. Hormônios alterados, mudanças constantes no corpo, novas relações sociais. São diversos os fatores que fazem com que o período seja desafiador, tanto para os pais, como para aqueles que estão na transição da infância para a vida adulta

Para as meninas, a adolescência traz em conjunto com a puberdade questões físicas e mentais que acrescentam ainda mais necessidade de atenção. 

Como a Fleurity acredita que o conhecimento é sempre o melhor caminho para lidarmos com os mais diversos desafios da vida com mais leveza, reunimos aqui o que você precisa saber sobre a puberdade e o que acontece no corpo da mulher no período. Confira!

O que é puberdade?

Antes de mais nada é necessário entender que a puberdade é um processo pelo qual meninas e meninos passam. Após a infância, período em que os corpos feminino e masculino possuem características semelhantes - com a exceção dos órgão genitais -, na puberdade diversos hormônios atuam para o desenvolvimento de nossa capacidade reprodutiva.

O período envolve uma série de intensas modificações no corpo de meninas e meninos, preparando-os para o início da fase reprodutiva. 

Durante o período, a hipófise produz e libera na corrente sanguínea hormônios como a testosterona, o estradiol e a progesterona. As substâncias funcionam no corpo das meninas enviando mensagens que influenciam na transformação do corpo. 

Todas as mudanças e influência hormonal do período podem impactar não só o físico das meninas. As alterações no corpo, assim como os impactos sociais delas, fazem com que o período seja delicado para muitas - o que requer uma atenção para que a puberdade seja vivida da forma mais tranquila e natural possível.

Nas meninas, a primeira alteração física costuma ser as mudanças na mama - incluindo seu crescimento e aparecimento da glândula mamária. Nesse período, pode ser que haja uma diferença no tamanho entre os seios à medida em que eles crescem, o que costuma ser igualado até o final da puberdade. 

Em meninas, a fase costuma ter início entre os 8 e 13 anos de idade, enquanto nos meninos, entre os 9 e 14 anos. Para ambos, geralmente o fim da puberdade acontece por volta dos 18 anos de idade.

Apesar de ser esperado que todos passem pela puberdade nessas faixas etárias, os processos não necessariamente serão iguais. Isso inclui o fato de que algumas meninas passam pela puberdade precoce, quando os primeiros sinais de mudança acontecem antes dos 8 anos. 

É sempre fundamental ter a clareza de que o corpo humano é único, assim como as mudanças na puberdade - que acontecem de forma diferente para cada menina. O mais importante é sempre contar com o acompanhamento especializado de um médico ginecologista, que poderá analisar a normalidade de todas as alterações hormonais durante o período. 

Mudanças no corpo da menina na puberdade: 

A puberdade é um termo que se refere à transição da imaturidade sexual para a maturidade sexual, envolvendo uma série de mudanças no corpo das meninas que marcam o período. 

As principais mudanças na puberdade são:

  • O desenvolvimento e crescimento das mamas;
  • Muitas meninas costumam relatar uma redução nas medidas da cintura, enquanto observam um aumento na circunferência do quadril;
  • Aparecimento dos pelos na axila e região da vagina;
  • Início da menstruação com a menarca;
  • Aumento no tamanho do útero;
  • Maior circulação sanguínea na região do clitóris, o que pode fazer com que seja percebido um aumento em seu tamanho;
  • Crescimento acelerado na altura das meninas.

Lembrando que algumas dessas mudanças serão internas, sem que sejam tão evidentes as alterações. 

Como lidar com a puberdade?

Se o conhecimento é capaz de transformar a puberdade em uma transição tranquila e natural para as meninas, o mais importante é quebrar qualquer tabu. Isso porque para muitas ainda pode ser difícil falar sobre mudanças no seu corpo, conflitos de sentimentos e sexualidade. 

Por outro lado, pais e mães também precisam tratar com a naturalidade que o assunto requer e fortalecer o diálogo como a melhor maneira de fazer com que as filhas estejam preparadas para passar pela puberdade. 

Dicas de como encarar a puberdade: 

  • Diálogo
  • Manter um diálogo franco entre pais e filhos será sempre a melhor forma de preparar as filhas para as mudanças esperadas durante a puberdade. É fundamental, portanto, se mostrar aberto, transparente e paciente para acolher as possíveis inseguranças e ser um porto-seguro para os desafios desse período tão específico na vida de cada menina. 

  • Paciência
  • Os hormônios não causam apenas as mudanças corporais nas meninas. As alterações nas substâncias são responsáveis por grande oscilação de humor durante a puberdade, o que pode fazer com que as adolescentes se mostrem irritadas mais facilmente. 

    Os adultos precisam estar preparados para acolher e racionalizar o processo sempre que necessário.  

  • Cuidados pessoais
  • Um dos principais pontos a serem cuidados durante a puberdade são as novas necessidades femininas após o período. O primeiro deles costuma estar relacionado aos odores, já que a produção de hormônios pode fazer com que surjam os odores nas axilas, que antes não aconteciam. 

    Estar atento às mudanças e orientar sobre os cuidados necessários com a higiene pode fazer toda a diferença para as meninas, evitando constrangimentos sociais desnecessários.  

    Ao mesmo tempo, a menstruação se inicia e com ela chegam também uma infinidade de dúvidas e novidades para as meninas. Um ponto de atenção muito importante é orientar sobre fluxo menstrual e possíveis vazamentos, já que costuma demorar de um a dois anos para que os seus ciclos menstruais se tornem regulares.

    Algumas soluções que podem ajudar muito nesse momento são as calcinhas menstruais e os absorventes reutilizáveis

    • Calcinha menstrual: uma opção perfeita para não ter preocupação com os vazamentos. As calcinhas menstruais da Fleurity possuem dupla camada absorvente, capazes de segurar o fluxo menstrual por até 8 horas - o que evita a preocupação com trocas frequentes dos absorventes tradicionais. 

    Já o resto da calcinha menstrual é de malha modal antimicrobiana, respirável e impermeável evitando, também, os possíveis vazamentos.

    • Absorvente reutilizável: outra opção para as meninas que estejam passando pela puberdade e já tiveram a menarca são os absorventes reutilizáveis. 

    Os absorventes reutilizáveis da Fleurity são produzidos com uma primeira camada de tecido 100% algodão, natural, para evitar alergias - além de utilizar uma tecnologia antimicrobiana que evita odores.

    Enquanto isso, a camada interna é absorvente, impermeável e transpirável, evitando assim vazamentos. A Fleurity conta com duas versões, sendo uma diurna e uma noturna, considerando o fluxo menstrual e duração do uso antes da troca. 

    Entender as mudanças no corpo das meninas durante a puberdade é fundamental para a saúde de cada uma delas. Agora, com todas as mudanças hormonais do período, acima de tudo é uma fase de cuidados que vão além de questões físicas. 

    É um momento de ter paciência com quem está passando pela puberdade e autocuidado, se é você quem está nesse período de transição. 

    Com carinho e compreensão fica mais fácil ultrapassar os desafios da puberdade e chegar com segurança para trilhar os novos caminhos da fase adulta!

    Agora que você já sabe tudo o que precisa a respeito da puberdade para meninas, no blog da Fleurity você encontra diversos outros conteúdos sobre o universo feminino - desde dicas de empreendedorismo e sexualidade, até cuidados com a saúde. Confira!

    Carrinho de compras

    Não há mais produtos disponíveis para compra

    Seu carrinho está vazio.

    ✔️ Produto adicionado com sucesso.