Veja como aliviar os sintomas da Menopausa de forma rápida (e correta!)

Veja como aliviar os sintomas da Menopausa de forma rápida (e correta!)

Todas as mulheres e pessoas que menstruam passam por um processo natural de envelhecimento do organismo…

Uma dessas mudanças é a menopausa, um fenômeno natural e comum que sinaliza o fim da fase reprodutiva e do ciclo menstrual.

Tem dias em que o estresse e a ansiedade chegam ao limite, o que acaba por desgastar o corpo com fadiga, cansaço e até mal-estar.

Além da Tensão Pré-Menstrual, esses sintomas também estão relacionados à menopausa!

Aliás, você sabia que cerca de 43% das mulheres sofrem com os sintomas da menopausa?

Entre esses sintomas, os mais comuns são as oscilações de humor e a ansiedade durante a transição e ao longo dos dois primeiros anos.

Além disso, a maioria das mulheres relatam diminuição da libido, secura vaginal e perda da firmeza da pele.

Esses são os dados revelados pela a Associação Brasileira do Climatério (SOBRAC) em parceria com a Sociedade Norte-Americana de Menopausa (NAMS).

Infelizmente, a menopausa é um processo desafiador para muitxs, afinal, a qualidade de vida é afetada devido aos sintomas existentes…

Pensando nisso, neste conteúdo você irá conhecer os principais sintomas da menopausa e descobrir como minimizá-los.

Quer conferir e aprender mais sobre o tema? Então, continue a leitura amigx!

O que é menopausa?

A menopausa é um acontecimento natural que indica a última menstruação da mulher, ou seja, o fim da fase reprodutiva.

Geralmente, a menopausa é confirmada após 12 meses consecutivos sem a presença da menstruação – chamado de amenorréia.

Esse processo acontece devido a pausa definitiva do funcionamento dos ovários. Sabia disso?

Com o avanço da idade, os ovários param de produzir dois hormônios importantes, o estrogênio e a progesterona…

Devido a diminuição desses hormônios, a ovulação passa a acontecer com menor frequência, até que cessa permanentemente.

Para algumas mulheres a menopausa acontece mais cedo por diversos motivos…

Masss, ela ocorre em média, por volta dos 51 anos de idade e marca o momento em que a mulher perde a capacidade de ter filhos.

As três fases da menopausa

Você sabia que a menopausa possui três estágios diferentes?

Vamos descobrir logo abaixo quais estágios são esses:

  • Pré-Menopausa
  • Ela tem início cerca de dez anos antes da menopausa, por volta dos 45 anos de idade – mas esse momento varia conforme cada organismo.

    A pré-menopausa ocorre devido a diminuição na produção de hormônios sexuais femininos…

    Esse processo gera mudanças físicas e emocionais na mulher, com sintomas semelhantes aos da menopausa…

    Ele é cientificamente chamado de climatério!

    O climatério — palavra que significa “fase crítica” — se inicia na pré-menopausa e se estende até chegada da pós-menopausa.

    Se trata de uma transição do período reprodutivo para o não-reprodutivo.

  • Menopausa

  • Após a pré-menopausa, vem a menopausa!

    Ou seja, o momento em que ocorre o fim definitivo da menstruação e a perda da atividade ovariana.

    Como já te explicamos aqui, a menopausa acontece logo após a última menstruação na vida de uma mulher, certo?

    Sendo assim, os médicos só consideram a menopausa após 12 meses consecutivos de amenorreia, ou seja, ausência de sangramentos menstruais.

    Na América do Norte, a maioria das mulheres passam pela menopausa entre 40 e 58 anos de idade, com média de 51 anos.

  • Pós-menopausa

  • A pós-menopausa é o período após a menopausa. 

    Alguns sintomas relacionados à menopausa — como secura vaginal e as ondas de calor — ainda podem ocorrer. Sabe por quê?

    Porque o nosso corpo está produzindo somente pequenas quantidades de estrogênio. 

    Nessa época, aumenta o risco de doenças associadas ao nível baixo de estrogênio, incluindo a osteoporose.

    Por esse motivo, é importante buscar um acompanhamento médico para evitar esses problemas e manter uma boa qualidade de vida.

    Os principais sintomas da menopausa

    Saber identificar quais são os sintomas da menopausa é a dúvida de muitas pessoas, principalmente, daquelas que passam ou irão passar por esse processo.

    Inclusive, algumas pessoas dizem que a menopausa é uma versão mais intensa da TPM devido aos sintomas que possuem em comum. 

    Os sintomas da menopausa começam a surgir após o início da menstruação irregular.

    As irregularidades menstruais são um dos primeiros sinais da falta de produção hormonal pelo ovário.

    Sendo assim, o sintoma mais comum da pré-menopausa é a irregularidade menstrual, até que a menopausa acontece.

    Nesse período a mulher também pode começar a sofrer com outros sintomas, como as ondas de calor que afetam mais de 75% das mulheres.

    Existem outros sintomas que podem ser notados tanto na pré-menopausa quanto na menopausa, veja quais são:

    • Suores excessivos;
    • Irritabilidade e alterações de humor;
    • Alterações de sono, como a insônia;
    • Mal-estar;
    • Dores e ardência durante a relação sexual;
    • Diminuição da lubrificação vaginal;
    • Diminuição da libido;
    • Perda de massa óssea, a osteoporose;
    • Aumento de peso;
    • Ressecamento da pele e cabelos;
    • Dores de cabeça e/ou enxaqueca.

    Além disso, após a menopausa não há mais chances de gestação natural com os óvulos da própria mulher.

    Contudo, a gravidez ainda pode ocorrer sendo com óvulos doados.

    Como aliviar os sintomas da menopausa

    Não existe um tempo exato para a duração dos sintomas, afinal, cada mulher tem o seu organismo.

    É importante conversar com um especialista e traçar um plano para reduzir os sintomas da menopausa, especialmente compensando as alterações hormonais desse período.

    Mas, ainda assim, existem algumas ações que podem ser colocadas em prática para aliviar os sintomas da menopausa.

    Pratique atividades físicas e exercícios

    Bom, não é novidade para ninguém que praticar atividades físicas são maravilhosas para a nossa saúde, não é mesmo?

    Mas, será que a prática de atividades físicas ajudam a diminuir os sintomas da menopausa?

    A resposta é: SIMMM!

    As atividades físicas estimulam a produção de hormônios que trazem a sensação de bem-estar, como é o caso da endorfina e dopamina.

    Além disso, a prática dessas atividades ajudam a diminuir os hormônios do estresse – como a adrenalina e o cortisol.

    Entre os sintomas da menopausa, o ganho de peso, a indisposição e a ansiedade são os que mais preocupam as mulheres.

    Dessa forma, praticar 30 minutos de exercício no dia aumenta a energia, a disposição e você se sentirá muuuito melhor! 

    As atividades físicas ajudam a manter seu metabolismo mais saudável e diminuindo o ganho de peso.

    Sendo assim, selecionamos para você as atividades aeróbicas mais indicadas para aliviar os sintomas da menopausa: 

    • corrida;
    • caminhada; 
    • dança; 
    • andar de bicicleta;
    • luta, como boxe;
    • pular corda.

    Além de diminuir sintomas como ansiedade, estresse, dor de cabeça, insônia…

    Exercícios de levantamento de pesos ajudam a manter os ossos fortes e diminuir o risco de fraturas — a osteoporose costuma se manifestar nessa fase.

    Tenha bons hábitos de sono

    A insônia e a dificuldade para dormir são um dos primeiros sintomas da menopausa e acontece devido a queda nos níveis de estrogênio.

    Por esse motivo, é importante adotar hábitos saudáveis para dormir o suficiente, afinal, a falta de descanso pode causar a diminuição da libido e fadiga.

    Sendo assim, separamos algumas dicas para  você ter uma boa noite de sono:

    • Dormir e acordar nos mesmos horários;
    • Desligar os eletrônicos 30 minutos antes de dormir;
    • Deixar o quarto arejado e totalmente escuro;
    • Evitar tomar café antes de dormir;
    • Evitar praticar exercícios horas antes de dormir;
    • Beber chás naturais com propriedades calmantes, como o chá de camomila.

    Além disso, é muuuito importante evitar dormir durante o dia!

    Não se deve dormir por horas durante o dia, pois esse hábito pode prejudicar sua rotina noturna e tirar o sono à noite.

    Um cochilo de aproximadamente 10 a 30 minutos após o almoço é suficiente para relaxar sem prejudicar o sono noturno.

    Beba bastante água

    A água precisa ser a sua melhor amiga neste período. Sabe por quê?

    Porque ela pode te ajudar a diminuir e equilibrar alguns sintomas causados pela menopausa.

    Como te contamos, a menopausa causa ressecamento da pele e dos cabelos, lembra?

    Sendo assim, ingerir bastante água ajuda a manter os cabelos e a pele hidratados e diminuir esse sintoma.

    Masss, existem outros benefícios da ingestão de água para os sintomas da menopausa, confira quais são:

    • Aumenta a lubrificação vaginal;
    • Previne dores de cabeça e enxaqueca;
    • Regula a temperatura corporal;
    • Aumenta a circulação sanguínea;
    • Acelera o metabolismo.

    É só lembrar que somos compostos principalmente por água para que você perceba o quão ela é importante para manter nossa saúde.

    Por esse motivo, ande sempre com uma garrafinha de água para não se esquecer de beber!

    Mantenha uma alimentação saudável

    A alimentação é uma forte aliada para ajudar a mulher a aliviar os sintomas e efeitos da menopausa. 

    Durante a menopausa é recomendado alimentos ricos em nutrientes para prevenir o surgimento de problemas de saúde relacionados com esse período.

    Veja quais são esses nutrientes:

    Fitoestrogênios

    Os fitoestrogênios tem sua composição muito semelhante aos estrogênios da mulher.

    Por isso, o consumo desse tipo de alimento pode ajudar a aliviar os sintomas de menopausa, como a sudorese noturna, a irritabilidade e as ondas de calor.

    Confira quais são os alimentos ricos em fitoestrogênios:

    • Sementes de linhaça;
    • Soja;
    • Sementes de gergelim;
    • Alho;
    • Pistache;
    • Sementes de girassol;
    • Ameixas;
    • Amêndoas.

    Vitamina C

    A vitamina C ajuda a fortalecer o sistema imunológico e proporciona benefícios excelentes para a pele!

    Além disso, ela é um antioxidante que tem o poder de suavizar os sinais do envelhecimento da pele, reduzindo rugas, linhas de expressão e melhorando a firmeza da pele.

    Por esse motivo, ela é suuuper importante para ajudar a diminuir o ressecamento da pele causado pela menopausa.

    Confira quais são os alimentos ricos em vitamina C:

    • Kiwi;
    • Morango;
    • Laranja;
    • Pimentão;
    • Mamão;
    • Goiaba;
    • Melão;
    • Tangerina.

    Cálcio e vitamina D

    O cálcio e a vitamina D são nutrientes essenciais para a saúde dos dentes e dos ossos.

    Por esse motivo, esses nutrientes são recomendados para prevenir a osteoporose, uma doença que pode acontecer durante e depois da menopausa devido à diminuição dos estrogênios.

    Confira quais são os alimentos ricos em cálcio:

    • Leite desnatado e integral;
    • Iogurte desnatado e natural;
    • Queijo branco;
    • Amêndoas;
    • Manjericão;
    • Agrião;
    • Sementes de linhaça;
    • Brócolis cozido.

    Agora vamos falar sobre os alimentos ricos em vitamina D!

    Confira quais são eles:

    • Salmão;
    • Ostras;
    • Ovo cozido;
    • Sardinha;
    • Laranja;
    • Cogumelos.

    Vale lembrar que a luz solar é a principal fonte de vitamina D, então, use e abuse dos banhos de sol pela manhã!

    É importante não deixar de fazer um acompanhamento médico para receber o tratamento mais indicado para você, ok?

    Bom, chegamos ao fim de mais um conteúdo por aqui no Blog da Fleurity!

    Caso você ainda não siga a Fleurity Brasil no Instagram, corre para seguir! Sabe por quê?

    Lá no Instagram postamos conteúdos todos os dias e também vamos avisar nos stories sempre que um conteúdo for postado aqui!

    Gostou do conteúdo de hoje e quer ver mais como esse?

    Separamos um conteúdo incrível para você: 6 curiosidades sobre o muco cervical - que você não sabia!

    Beijinhos, até o próximo conteúdo :)