Você sabe quando está no seu período fértil? Veja como acompanhar o ciclo menstrual com o método da tabelinha

A tabelinha é um método muito utilizado para quem deseja engravidar mais rápido.

Isso porque, esse método ajuda a descobrir quando o período fértil está próximo e aumentar as chances de uma gravidez bem sucedida.

No entanto, a tabelinha não é recomendada para quem deseja evitar a gravidez

Afinal, ela não é considerada 100% segura para prevenir a gravidez…

Por isso, devem ser utilizados outros métodos contraceptivos, como a pílula anticoncepcional ou a camisinha, por exemplo.

Pensando nisso, no conteúdo de hoje, você vai descobrir como identificar o seu período fertil e como a tabelinha deve ser usada!

Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue a leitura amiga!

O que é ciclo menstrual?

O ciclo menstrual é um conjunto de fases, sintomas e mudanças que o corpo da mulher passa ao longo do mês…

E, quando não ocorre a gravidez, essas mudanças resultam na menstruação

Ele começa no primeiro dia da menstruação de um determinado mês e vai até o primeiro dia da menstruação do mês seguinte…

Mas então, quanto tempo dura o ciclo menstrual?

A duração do ciclo menstrual pode variar entre 21 a 35 dias, mas, para a maioria das mulheres, o período de 28 dias é o mais comum.

É importante estar atenta à duração do ciclo menstrual, sabe por quê?

Porque intervalos menores que 21 dias e maiores que 35 dias, podem representar problemas de saúde, como é o caso dos ovários policísticos.

Por esse motivo, se o seu ciclo for irregular ou começar a variar muito a cada mês, é muuuito importante consultar um(a) ginecologista, ok?

Como saber quando estou no período fértil?

Na fase ovulatória, há um aumento dos níveis de estrogênio durante a fase folicular…

Que aciona a glândula pituitária, resultando em um rápido crescimento do hormônio luteinizante (LH).

Esse hormônio é responsável por selecionar o óvulo mais maduro para sair do ovário e entrar nas tubas uterinas...

Assim, o óvulo viaja pelas trompas – ou tubas uterinas – em direção ao útero para fertilizar o espermatozóide e ocasionar uma gravidez.

Esse procedimento é conhecido como “ovulação”, o processo natural que ocorre após a menstruação por volta do 14º dia do ciclo.

Muitas mulheres acreditam que ovulam no 14º dia após a menstruação, mas, o dia da ovulação pode variar de acordo com cada ciclo...

Geralmente, a ovulação ocorre no 14º quando a mulher tem um ciclo menstrual regular com duração de 28 dias.

Como já sabemos, a fase ovulatória é o único momento de todo o ciclo em que a mulher se encontra fértil. 

A ovulação dura em torno de 12 a 48 horas e algumas mulheres relatam apresentar alguns sintomas…

Mas, muitas não percebem nada e não há nenhum outro sinal de que está ovulando.

Veja quais são os sintomas mais comuns do período fértil:

Desejo sexual

O aumento da libido no ciclo menstrual é um dos sintomas mais comuns da ovulação, e, isso acontece devido ao aumento dos níveis hormonais.

A progesterona é um dos hormônios responsáveis pelo desejo e prazer sexual, além de fazer a mulher se sentir mais atraente.

Dores no “pé da barriga”

A dor na parte de baixo da barriga, que fica localizada na altura dos ovários, é um dos sintomas mais frequentes. 

É muito comum que algumas mulheres possam sentir dores parecidas com a cólica, que aparecem e desaparecem.

Sangramento

Quando falamos de sangramento na ovulação, estamos falando de um sangramento em pouca quantidade.

Esse sangramento não acontece com todas as mulheres e muitas vezes passa despercebido porque o sangramento é muito pouco...

Mas, em alguns casos, ele é notado através de pequenas manchas na calcinha ou ao se limpar com o papel higiênico.

Esse pequeno sangramento pode ser cor rosa, vermelha ou marrom.

Secreções da vagina

Durante o período fertil, os níveis de estrogênio aumentam e é produzida uma grande quantidade de muco cervical...

Essa secreção – ou seja, o muco cervical – passa a ter uma aparência transparente, elástica e escorregadia…

Sendo bem semelhante à clara de ovo crua...

Esse tipo de muco permite que o espermatozoide entre no útero e chegue até o óvulo com mais facilidade durante a ovulação!

Além disso, o muco cervical também ajuda a aumentar a lubrificação e protege os espermatozoides da acidez da vagina.

Assim, durante o período fértil, a função do muco cervical é facilitar que os espermatozóides cheguem até as tubas uterinas para fecundar o óvulo.

Isso quer dizer que o muco cervical é um facilitador da fecundação!

Temperatura corporal basal

O aumento da temperatura corporal acontece devido aos esforços realizados pelo organismo que está se preparando para a fecundação. 

Nesse período os folículos liberam os óvulos, que aumentam a quantidade da progesterona, hormônio responsável pelo aumento da temperatura.

Durante o período fértil, a temperatura apresenta algumas quedas, até subir novamente na fase ovulatória...

Ou seja, quando houver um aumento da temperatura corporal, significa que você provavelmente está ovulando.

Como funciona a tabelinha

Para fazer a tabelinha é importante observar o ciclo menstrual e saber exatamente quanto tempo ele dura….

Ou seja, é importante lembrar que cada ciclo começa no primeiro dia da menstruação e acaba um dia antes da próxima.

Isso porque a tabelinha é baseada no calendário menstrual para calcular o início e o fim do período fértil.

Desse modo, a mulher tentará evitar relações sexuais nos períodos em que há maior chance de gravidez.

Normalmente, a tabelinha tem mais chance de funcionar para mulheres com ciclos regulares

No entanto, ela ainda assim é pouco eficaz para prevenir a gravidez…

Ou seja, ela pode ser muito mais benéfica para quem quer engravidar, e não para quem deseja prevenir a gravidez…

E, além disso, a tabelinha não previne nenhuma infecção sexualmente transmissível.

Como explicamos logo acima, a ovulação ocorre no 14º quando a mulher tem um ciclo menstrual regular com duração de 28 dias…

Ou seja, nos ciclos mais comuns, com 28 a 30 dias, a fertilidade máxima seria entre o 12° e o 15º dia – contando como primeiro dia da menstruação. 

Uma regra fácil para a tabelinha funcionar apropriadamente é a seguinte:

  • Anote em um calendário o primeiro dia da sua menstruação;
  • Marque em rosa os dias em que há menos chances de engravidar: entre o 1º dia e o 9º dia da menstruação;
  • Marque em verde os dias em que você provavelmente estará mais fértil: ou seja, do 10º ao 19º dia;
  • Marque novamente com rosa do 20º dia até a próxima menstruação.

Para usar esse método e sua eficácia ser maior, é importante se lembrar de contar sempre a partir do 1º dia da menstruação, ok?

Além disso, os ciclos menstruais nem sempre duram a mesma quantidade de dias…

Com isso, alguns especialistas recomendam observar entre três e seis meses para descobrir quanto tempo seu ciclo dura em média.

Vantagens e desvantagens da tabelinha

Assim como todos os métodos contraceptivos, a tabelinha possui suas vantagens e desvantagens…

Ou seja, antes de usá-la, é preciso analisar as condições para saber se ela é ideal para o seu caso.

Confira abaixo as principais vantagens da tabelinha:

  • A mulher conhece o próprio corpo;
  • Não causa nenhum efeito colateral;
  • É gratuito e a própria mulher pode realizá-lo;
  • Não interfere na fertilidade.

Confira abaixo as principais desvantagens da tabelinha:

  • Não é um método eficaz para evitar a gravidez;
  • Não protege contra DST’s;
  • É preciso atenção para anotar todos os meses as informações sobre o seu ciclo menstrual;
  • Não pode haver relação sexual durante o período fértil para não engravidar.

Além disso, o método da tabelinha para engravidar funciona melhor em mulheres que tenham um ciclo menstrual regular…

Isso porque as mulheres que possuem o ciclo menstrual irregular podem ter dificuldade em saber quando é o período fértil

Por esse motivo, a tabelinha pode não ser tão eficaz.

Quais as chances de engravidar com a tabelinha?

A tabelinha não é considerada um método anticoncepcional seguro pelos ginecologistas, pois as chances de erro são altas... 

Isso porque, existem vários acontecimentos que podem mudar a data da chegada da menstruação…

Como, por exemplo, fortes emoções, ansiedade, estresse, uso de alguns medicamentos, exercícios físicos em excesso, e até mesmo um resfriado…

E, consequentemente, a ovulação é comprometida quando a chegada da menstruação é atrasada ou antecipada.

Por isso, a tabelinha é um método mais indicado para quem deseja engravidar, já que ajuda a ter tentativas mais assertivas.

A tabelinha é eficaz para quem tem o ciclo menstrual irregular?

Apesar da chance de ocorrer uma gravidez ser menor para quem tem ciclos irregulares, não é impossível.

No entanto, muitas mulheres com ciclos irregulares precisam da ajuda do médico para descobrir seu período fértil.

Um exame para o controle de ovulação pode ajudar a mulher a descobrir o dia fértil aumentando assim a probabilidade de conseguir uma gravidez.

Além disso, ciclos menores de 25 dias ou maiores que 35 dias podem estar associados aos ciclos anovulatórios

Os ciclos anovulatórios podem significar que a ovulação não está ocorrendo e a probabilidade de você engravidar sem ajuda médica é menor.

Bom, chegamos ao fim de mais um conteúdo recheado de curiosidades e informações aqui no Blog da Fleurity!

Esperamos que você tenha gostado e todas as suas dúvidas tenham sido esclarecidas.

Caso você ainda não siga a Fleurity Brasil no Instagram, corre para seguir! Sabe por quê?

Lá no Instagram postamos conteúdos todos os dias no feed e nos stories, abordando assuntos como saúde feminina, menstruação, sustentabilidade e muuuito mais.

Logo retornaremos com mais artigos cheios de informações educativas e relevantes para você. Até breve!

Carrinho de compras

Não há mais produtos disponíveis para compra

Seu carrinho está vazio.

✔️ Produto adicionado com sucesso.