Desmistificado: higiene íntima simples, prática e correta!

Desmistificado: higiene íntima simples, prática e correta!

Independente se você tem pênis ou vulva, este conteúdo é para você! Sabe por quê?

Porque vamos ensinar para você, que tem pênis ou vulva, como se deve lavar a região íntima corretamente!

A região íntima feminina é uma porta de entrada para bactérias, fungos e vírus…

Por esse motivo, a má higiene no local pode causar ardências, irritações, corrimentos, mau cheiro e até infecções. 

A vulva deve ser limpa, no máximo, duas vezes ao dia, viu?

Assim como a ausência de limpeza pode ocasionar problemas para a saúde genital, o excesso de higiene também!

No caso da higiene peniana, é importante cultivar hábitos saudáveis e manter a região limpa para prevenir doenças, como o câncer de pênis.

Além do câncer de pênis, a falta de higiene também é um dos fatores de risco para o HPV, o mesmo vírus que causa câncer no colo do útero nas mulheres.

Apesar da higiene íntima ser essencial para a saúde da vulva e do pênis, esse assunto ainda é cercado de tabus e desinformações.

Pensando nisso, neste conteúdo vamos descobrir informações suuuper relevantes para você aprender como fazer a higiene íntima corretamente!

Como realizar a higiene da vulva corretamente?

Muitas mulheres ainda têm dúvidas em relação à melhor maneira de higienizar certas partes da vagina

Existem muitas dúvidas que podem causar confusão e acabar prejudicando a saúde íntima…

Fazer a limpeza incorreta da região genital pode desequilibrar o pH vaginal e afetar os mecanismos de defesa naturais da região íntima feminina.

Sendo assim, vamos descobrir juntxs como fazer a higiene íntima feminina corretamente e quais os cuidados necessários.

Higiene íntima é higiene na parte externa!

O órgão genital feminino é composto pela vulva e a vagina!

A maioria de nós chamamos de vagina para se referir a tudo que está entre as pernas, ou até mesmo, damos apelidos carinhosos... 

Mas, o que chamamos vagina – ou de algum apelido – é na verdade somente uma das partes do órgão sexual feminino!

A parte externa do órgão, é chamada de vulva, que é composta pelos lábios internos e externos, além do clitóris e a abertura para a vagina...

A vagina é a parte interna do órgão, juntamente com o útero, ovários e trompas.

Quando nos agachamos sem roupa e pegamos um espelho para observar, o que vemos no reflexo é a vulva!

Sendo assim, quando falamos em higiene íntima feminina, é importante ressaltar que a limpeza deve ser feita apenas na vulva…

O canal vaginal – a parte interna – faz a sua própria limpeza e não deve ser higienizado.

Dessa forma, devemos fazer a limpeza da vulva com água corrente e sabonete neutro ou íntimo – nunca com duchas vaginais!

Use os próprios dedos para fazer a higiene na região da vulva, que inclui o monte de vênus, clitóris e os grandes e pequenos lábios, além da virilha, períneo e ânus.

Ao sair do banho, seque a região íntima e só vista a calcinha quando estiver totalmente seca

Áreas úmidas e abafadas são o ambiente ideal para a proliferação de fungos e bactérias.

Não é necessário usar esponja, lenço ou cotonete, pois pode causar irritações e alergias, ok?

Papel higiênico é sempre de trás para frente

No intestino há diversas bactérias que participam do nosso processo de digestão e saem nas fezes, isso pode ser muito perigoso…

Afinal, a higienização incorreta pode levar essas bactérias até a nossa ppk e facilitar o desenvolvimento de infecções ginecológicas.

Por esse motivo, os médicos ginecologistas recomendam passar o papel higiênico de frente para trás…

Fazendo dessa forma, você estará evitando de trazer as bactérias que estejam na região do bumbum para a sua vulva!

Você também pode optar por lavar a região com água corrente para garantir que a limpeza da sua vulva seja mais eficiente.

Faça xixi após a relação sexual

Você já deve ter ouvido falar que após uma relação sexual é importante correr para o banheiro e fazer xixi, não é mesmo? 

E, essa prática é realmente muito importante!

Afinal, durante o sexo, o organismo entra em contato com diversas bactérias...

Principalmente, se essa relação acontece sem que você e o seu parceiro – ou, sua parceira – não tomem um banho antes…

Isso porque durante a relação sexual a abertura da nossa uretra fica mais exposta…

Essa exposição contribui para que as bactérias subam da uretra até a bexiga e desenvolvam uma infecção urinária.

Por esse motivo, para evitar a infecção urinária, é indicado seeempre fazer xixi após o sexo e lavar a vulva com água corrente!

Higiene íntima na menstruação

A higiene na menstruação deve manter os mesmos cuidados que tem ao longo do mês. 

É muito importante remover os resíduos de menstruação e evitar a umidade e o abafamento excessivos na região. 

Fique atenta às "dobrinhas" dos grandes e pequenos lábios, nessa região pode ficar os resíduos de sangue menstrual que podem provocar odores vaginais.


É importante lembrar que passar muito tempo com o mesmo absorvente pode provocar diversos malefícios à saúde íntima feminina…

Ao usar o absorvente, você estará abafando a região genital e impedindo que haja ventilação na mesma... 

Dessa forma, o absorvente aumenta a umidade e a temperatura da vagina e a proliferação de fungos e bactérias fica ainda mais fácil!

Por esse e outros motivos, estamos sempre indicando o coletor menstrual!

Os absorventes descartáveis além de serem prejudiciais a nossa saúde íntima…

Contribuem na produção de lixo e prejudicam a saúde do nosso planeta também!

Além disso, muitas mulheres tendem a ter alergia aos materiais utilizados na fabricação dos absorventes tradicionais. 

Em razão disso, o coletor menstrual é a opção mais saudável para a nossa saúde íntima!

O coletor menstrual não causa alergias pois ele é feito de silicone medicinal hipoalergênico, ideal para ficar em contato direto com a sua mucosa vaginal.

É o mesmo material utilizado na confecção de chupetas e mamadeiras infantis e também em materiais cirúrgicos!

Quer saber mais sobre o coletor menstrual?

Veja aqui: Tudo o que você precisa saber sobre o Coletor Menstrual

Não exagere na depilação

Fazer depilação total usando gilete e outros produtos para depilação mais de 3 vezes por semana não é aconselhado

Essa prática prejudica a saúde íntima, além de causar irritações e alergias na pele.

Feita com cera ou lâmina, a remoção dos pelos deixa os poros da pele da vulva entreabertos…

Podendo ocasionar pequenas fissuras, permitindo o acesso livre de bactérias. 

Além disso, a depilação com gilete e produtos para depilação destroem a camada protetora da pele e contribuem para reduzir a sua lubrificação natural.

Como realizar a higiene do pênis corretamente?

Assim como a vulva, é necessário ter cuidados com o pênis para evitar irritações, infecções e doenças!

A forma como os homens e pessoas com pênis usam o banheiro é prática por não precisar sentar no vaso…

Masss, é muitas vezes um dos motivos para certa falta de cuidado e higiene do pênis...

Fazer a limpeza incorreta da região peniana pode acarretar em diversos problemas e afetar até mesmo o câncer de pênis!

Sendo assim, vamos descobrir juntxs como fazer a higiene íntima masculina corretamente e quais os cuidados necessários.

Lave as mãos antes de urinar

Provavelmente, você aprendeu que é importante lavar as mãos depois de usar o banheiro, certo? 

Mas, você já parou para pensar na importância de lavar as mãos antes de tocar no penis para urinar?

Quando os homens não lavam as mãos antes de usar o banheiro, eles acabam levando fungos e bactérias presentes nas mãos para a região genital.

Sendo assim, a primeira medida de prevenção é evitar tocar nas partes íntimas com as mãos sujas, lavando as mãos antes e após urinar!

Dessa forma, a chance de contaminação da mucosa e da pele da região é reduzida!

Higiene do pênis após urinar

Infelizmente, a maioria dos homens e pessoas com pênis não têm o hábito de higienizá-lo corretamente após urinar. 

Quando os restos de urina ficam na glande e se espalham na cueca, esses resíduos acumulados podem dar início a inflamações ou infecções por fungo no local.

O ideal é higienizar o pênis – principalmente a glande – com água e sabonete neutro e secá-lo com papel higiênico! 

A higienização correta é ainda uma das formas de evitar o odor desagradável no local.

Higiene do pênis após a relação sexual 

É importante higienizar o órgão sexual após a relação, retirando o excesso de sêmen e outras secreções. 

Isso porque o banho e higiene íntima após as relações diminuem as chances de infecções.

Além disso, a higienização também é muito importante para remover os resíduos de lubrificante do preservativo que possam ter sido utilizados durante a relação sexual.

Mesmo que a camisinha não tenha sido usada na relação sexual, a higiene remove o muco da lubrificação natural da mulher.

Cuecas

Para manter uma boa higiene, é importante tocar de cueca após atividades físicas, relações sexuais e após o banho. 

Além disso, as cuecas devem ser sempre de algodão, pois os materiais sintéticos dificultam a transpiração da pele e aumentam o acúmulo de suor.

Chegamos ao fim de mais um conteúdo aqui no Blog da Fleurity!

Agora, temos um recadinho para te dar…

Caso você ainda não siga a Fleurity Brasil no Instagram, corre para seguir! Sabe por quê?

Lá no Instagram postamos conteúdos todos os dias e também vamos avisar nos stories sempre que um conteúdo for postado aqui!