Você sabe o que é menstruação líquida? Descubra o que ela pode significar

Todos os meses, o corpo se prepara para uma possível gravidez e trabalha para que o útero esteja pronto para que haja fecundação.

Sendo assim, os ovários produzem hormônios que desenvolvem a camada que reveste o útero, chamada de endométrio.

Ao longo dos dias, o endométrio engrossa, fica rico em vasos sanguíneos e se prepara para receber o óvulo no momento em que for liberado pelo ovário…

Porém, quando a fecundação não ocorre, o útero descama e provoca a perda de sangue…

Aí vem a menstruação!

Como sabemos, o sangue menstrual pode vir em várias tonalidades e podem sinalizar que algo está acontecendo.

Pensando nisso, no conteúdo de hoje, vamos falar o que significa as consistências e cores da menstruação.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue a leitura amiga!

Tipos de consistência do sangue menstrual

Você já deve ter percebido que a consistência da menstruação varia, não é mesmo?

Confira abaixo quais os tipos mais comuns de consistência do sangue menstrual e porque ocorre:

Coagulação

Os coágulos costumam estar presentes nos dias mais intensos do período menstrual

Ou, quando a pessoa possui o fluxo menstrual intenso naturalmente

Sendo assim, você pode observar alguns “pedaços” – que parecem um pedaço de pele ou uma “carninha esponjosa”. 

Essas são partes do endométrio, o tecido interno do útero que descama durante a menstruação.

Gelatinoso

A menstruação que apresenta um aspecto gelatinoso costuma se tratar que o sangue está misturado com o muco cervical.

Esse muco, que serve de proteção para o canal vaginal, tem um aspecto próximo ao de um gel ou uma geleia.

Sendo assim, a menstruação gelatinosa é normal!

Líquida ou aguada

A menstruação aguada, de coloração vermelha ou rosada, não é sinal de gravidez, anemia ou qualquer outro problema de saúde.

Então, se você tem uma menstruação mais “aguada”, fique tranquila!

Essa condição é considerada normal e acontece devido a combinação da menstruação e com a secreção vaginal da mulher durante o período menstrual.

Uma menstruação mais clara significa apenas que o fluxo menstrual é menos intenso ou está descendo mais lentamente.

Isso faz com que o sangue menstrual se misture com a secreção vaginal, dando um aspecto mais aguado à menstruação.

Além disso, essas alterações também podem sugerir uma diminuição do acúmulo no revestimento do útero

Que é comum quando a mulher se aproxima da menopausa ou está enfrentando problemas hormonais.

Menstruação rosa

O sangue menstrual rosa pode ser o resultado da diluição do sangue com o muco cervical, alterando a sua tonalidade.

A menstruação com tonalidade rosa também pode indicar níveis baixos do hormônio estrogênio.

Em um ciclo menstrual normal, o equilíbrio dos hormônios estrogênio e progesterona regulam o acúmulo do revestimento do útero – conhecido como endométrio.

Sendo assim, o acúmulo de revestimento é eliminado durante a menstruação. 

Com isso, os níveis baixos desses hormônios podem fazer com que o endométrio se desprenda irregularmente…

Causando assim, a menstruação e o corrimento vaginal em tom rosado.

Além disso, se a menstruação vier rosa durante vários meses pode ser uma indicação de deficiência de vitaminas ou nutrientes.

Confira abaixo quais são outras causas do sangue menstrual rosa:

Lochia 

Nos primeiros dias após o parto do bebê, o corrimento vaginal da mulher será semelhante a menstruação…

Com sangue vermelho escuro abundante e alguns coágulos.

Depois disso, o sangramento diminuirá e a secreção ficará mais clara em intensidade e cor…

Ele se tornará uma secreção rosada ou marrom inicialmente e então voltará como corrimento normal, branco cremoso ou amarelado.

Baixo estrogênio

Como já falamos, o sangue menstrual rosa pode indicar níveis baixos de estrogênio no corpo

O estrogênio ajuda a estabilizar o revestimento uterino e a variação repentina desse hormônio causa a irregularidade do endométrio…

Ocasionando assim, na menstruação rosada.

Algumas causas do baixo nível de estrogênio incluem uso de anticoncepcionais hormonais que não contenham estrogênio ou perimenopausa.

Aborto espontâneo

O aborto espontâneo é uma perda de gravidez que ocorre antes das 20 semanas de gravidez.

Na maioria dos casos, as mulheres que perderam a gravidez perceberão um sangramento marrom ou uma secreção rosada.

É possível ter um aborto espontâneo bem no início da gravidez, às vezes antes mesmo de a mulher saber que está grávida.

Os sintomas podem surgir repentinamente e incluem um jato de líquido transparente, sangramento rosa ou vermelho intenso.

Menstruação marrom

No começo ou no final da menstruação, o sangue pode ser marrom e ter uma consistência mais grossa.

O sangue menstrual marrom costuma ser mais comum no final do ciclo conforme o fluxo menstrual diminui.

No entanto, quanto mais tempo a menstruação permanece no útero, mais escura é a cor do sangue menstrual. 

Isso acontece quando o sangue tem tempo para oxidar e escurecer – assim como o sangue seco em um joelho raspado escurece.

Nessas ocasiões, seu fluxo pode ser lento, o que retarda o processo de saída do sangue do útero.

Confira abaixo quais são outras causas do sangue menstrual marrom:

Lochia

O sangramento que a mulher sente nas primeiras semanas após o parto é conhecido como lochia. 

Esse sangramento começa relativamente pesado, com tom vermelho escuro e alguns coágulos…

No entanto, o sangramento diminuirá e a secreção ficará mais clara em intensidade e cor

Com isso, o sangue menstrual se tornará rosado ​​ou marrom.

Aborto espontâneo perdido

Embora o aborto espontâneo possa estar associado a um sangramento vermelho vivo…

Algumas mulheres podem experimentar o que é chamado de "aborto espontâneo perdido". 

Com esse tipo de perda de gravidez, o feto para de se desenvolver, mas não sai do útero por pelo menos 4 semanas. 

É possível não apresentar sangramentos intensos ou coágulos, mas algumas mulheres apresentam manchas ou sangramento marrom escuro.

Menstruação vermelho vivo

O sangue vermelho vivo geralmente ocorre no início do fluxo, quando o sangue está “fresco”...

A cor vermelha mais viva é do novo sangue que não teve muito tempo de escurecer antes de deixar o seu corpo.

O fluxo menstrual fica mais pesado geralmente no segundo ou terceiro dia do ciclo, conforme o revestimento uterino sai mais rápido.

Embora o sangue vermelho vivo indique um período e fluxo saudáveis, um sangramento muito intenso pode sinalizar algo.

Confira abaixo quais são outras causas do sangue menstrual vermelho vivo:

Menorragia

A hipermenorréia, também chamada de menorragia, é o nome que se dá ao fluxo menstrual mais intenso e mais abundante que o normal.

Ou seja, a menstruação em quem tem menorragia dura mais de sete dias ou ela perde muito sangue durante a menstruação.

Geralmente, a menorragia também intensifica os sintomas do período pré-menstrual

Com isso, a pessoa tem a qualidade de vida comprometida e não consegue fazer as atividades da sua rotina por causa dos sintomas e sangramento intenso.

Quer saber mais sobre a menorragia?

Veja aqui: Tudo sobre a menorragia

Miomas uterinos

O mioma é um tecido não canceroso que cresce dentro ou ao redor do útero.

Os miomas podem causar fluxo intenso durante a menstruação ou em outros momentos durante o ciclo menstrual. 

Eles podem variar de tamanho, sendo grandes ou pequenos e causar outros sintomas

Confira abaixo quais são os outros sintomas dos miomas uterinos:

  • Dor pélvica e na lombar;
  • Dores e desconfortos durante o sexo;
  • Dor ou dificuldade para fazer xixi;
  • Sensação de pressão na bexiga;
  • Aumento do fluxo menstrual;
  • Duração prolongada do período menstrual.

Menstruação laranja

Assim como a menstruação rosa, a menstruação laranja é o resultado da mistura do sangue menstrual com o muco cervical

Essa combinação acaba alterando a sua tonalidade e clareando a cor do fluxo menstrual.

No entanto, o sangue laranja também pode indicar a nidação, que acontece após a concepção…

E, com menos frequência, pode ser uma indicação de infecção

Sendo assim, é importante marcar uma consulta com um(a) ginecologista e investigar as possíveis causas.

Confira abaixo quais são outras causas do sangue menstrual laranja:

Nidação

Nem todas as mulheres apresentam sangramento de nidação, mas podem variar na cor, sendo mais comum entre rosa, marrom e laranja.

Infecções

Muitas infecções, incluindo infecções sexualmente transmissíveis (IST’s), podem causar secreção de diferentes tons.

Confira abaixo algumas infecções que podem apresentar secreções

  • Clamídia;
  • Gonorréia;
  • Vaginose bacteriana;
  • Doença inflamatória pélvica (DIP).

Essas infecções costumam apresentar outros sintomas, incluindo:

  • Dor pélvica;
  • Desconforto durante a relação sexual;
  • Dor ou queimação ao fazer xixi;
  • Coceira vaginal;
  • Odor vaginal incomum.

É importante saber que essas infecções requerem atenção médica, pois podem ocasionar em outras complicações mais graves

Menstruação vermelho escuro

Quanto mais escuro o fluxo, variando de vermelho escuro a marrom ou preto, sugere sangue um pouco mais antigo ou fluxo mais lento.

Para a maioria das mulheres, o sangue menstrual fica mais escuro ao longo do ciclo. 

Isso ocorre porque o sangue mais velho é liberado à medida que as partes mais profundas do revestimento uterino se desprendem e o sangramento diminui.

Confira abaixo quais são outras causas do sangue menstrual vermelho escuro:

Lochia

O sangramento após o parto começa pesado e pode conter coágulos. 

Pode parecer vermelho escuro nos primeiros três dias antes de mudar para diferentes tons e texturas.

Mulheres que passaram por cesarianas podem ter sangramento intenso apenas nas primeiras 24 horas.

Por que a menstruação varia de cor?

Para a maioria das pessoas, a menstruação começa entre os 12 e 13 anos. 

De acordo com a Academia Americana de Obstetras e Ginecologistas, seu período pode ser usado como um sinal vital de saúde. 

Qualquer coisa, desde a duração do seu ciclo até as texturas e cores que você vê, pode indicar lgo importante sobre sua saúde.

Você pode ver as cores do sangue que variam entre várias tonalidades.

Embora a maioria das cores possa ser considerada “normal” ou “saudável”, outras podem ser motivos para consultar o seu médico.

Por esse motivo, esteja atenta e conheça o seu corpo para identificar os possíveis sinais.

Bom, chegamos ao fim de mais um conteúdo recheado de curiosidades e informações aqui no Blog da Fleurity!

Esperamos que você tenha gostado e todas as suas dúvidas tenham sido esclarecidas.

Caso você ainda não siga a Fleurity Brasil no Instagram, corre para seguir! Sabe por quê?

Lá no Instagram postamos conteúdos todos os dias no feed e nos stories, abordando assuntos como saúde feminina, menstruação, sustentabilidade e muuuito mais.

Eu te espero no próximo conteúdo, beijinhos!

Carrinho de compras

Não há mais produtos disponíveis para compra

Seu carrinho está vazio.

✔️ Produto adicionado com sucesso.