Como tratar assadura na virilha e as principais causas

Provavelmente, você já ouviu falar que as assaduras são bem frequentes nos bebês, né? 

Isso é verdade! Afinal, o uso das fraldas acaba causando irritação para a pele dos bebês…

No entanto, esse problema também é muito comum em adultos, principalmente, para as mulheres!

A assadura na virilha, conhecida como dermatite de contato ou friccional, é mais comum nas mulheres por diversos motivos…

Sendo assim, no conteúdo de hoje, vamos falar tudo sobre assadura na virilha, as causas e como prevenir!

Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue a leitura amiga!

O que é a assadura?

A assadura é uma dermatite de contato – também conhecida como dermatite friccional.

Ela é causada por agentes externos que entram em contato com a pele e provocam inflamação, associados ou não a traumas repetitivos da pele.

Isso significa que ela provoca uma lesão devido ao atrito intenso entre diferentes partes da pele…

Ou entre pele e roupas, sapatos ou acessórios.

Geralmente ocorre em partes onde a pele do corpo dobra

Os sintomas atingem regiões como a virilha, axilas, a região interna das coxas e as mamas, no caso das mulheres.

Além do suor, podem aparecer por causa do excesso de umidade – e entre outros fatores que vamos descobrir ao longo do conteúdo.

Por que surge a assadura na virilha?

A virilha é uma região do corpo que está frequentemente em contato com roupas

Além de ser uma região que a pele acaba dobrando…

Ou seja, a probabilidade de haver pequenos traumas locais pela fricção da pele com roupas e com a própria pele é maior.

E, infelizmente, esses pequenos traumas podem desencadear sintomas desagradáveis, como a vermelhidão na pele.

Além do atrito constante da pele, o contato com o suor, alergias e falta de higiene também contribuem para o desenvolvimento da dermatite. 

Como você já deve saber, o atrito da pele com a pele ou com o tecido não apenas provoca esse quadro como também pode piorá-lo.

Além de ser um problema que incomoda, a assadura na virilha também acarreta outras consequências…

Como o escurecimento dessa região e até mesmo a candidíase. 

Por isso, é fundamental saber como você pode tratar e prevenir as assaduras na virilha.

Sintomas da assadura na virilha

Confira abaixo os sintomas mais comuns da dermatite de contato:

  • Ardência e irritação;
  • Coceira;
  • Vermelhidão;
  • Sensação de queimadura;
  • Pele vermelha e sensível;
  • Pequenas feridas na região.

Os sintomas surgem, geralmente, dentro de algumas horas ou dias após a exposição dos agentes externos.

Além disso, a pele pode ficar mais irritada se as coxas esfregarem uma na outra ou devido ao uso de roupas apertadas.

O que causa assadura na virilha?

Como falamos aqui, a dermatite friccional na virilha acontece devido ao atrito que ocorre entre a pele ou roupas.

Esse problema é mais comum entre os atletas – que possuem contato frequente com o suor – em pessoas com sobrepeso e obesidade.

No entanto, existem outras causas para a assadura na virilha

Confira abaixo quais são essas causas:

Excesso de umidade na região

Algumas pessoas não costumam secar a região direito após fazer xixi, tomar banho ou nadar.

O excesso de umidade na região da virilha pode ocasionar em assaduras na virilha

Por esse motivo, é importante estar atenta e se secar corretamente usando tecidos que não agridam tanto a pele.

Além disso, ter muitos pelos na região da virilha pode contribuir para o suor excessivo – principalmente durante os dias de sol – e o aumento da umidade na região.

Roupas íntimas inadequadas

Provavelmente, você já deve ter ouvido falar que usar calcinha de algodão é mais adequado para a saúde da vagina, não é mesmo?

Isso porque as peças apertadas, em especial, os de tecidos sintéticos podem ser responsáveis pelo surgimento da assadura.

Além disso, vestir peças apertadas ou molhadas acabam abafando a região genital

Impedindo que haja ventilação e tornando a região mais úmida, abafada e quente ao mesmo tempo…

Uma situação que favorece a proliferação de fungos e contribui para o desenvolvimento da candidíase vaginal...

Por esse motivo, os especialistas indicam usar roupas largas, dormir sem calcinha ou usar as famosas calcinhas de algodão.

Ah! Isso também vale para calças, shorts e outras roupas apertadas, viu?

O ideal, na hora de escolher o tipo de calcinha é dar preferência para peças maiores e mais confortáveis.

Quer saber como escolher a melhor calcinha para você?

Veja aqui: Escolhendo a calcinha certa para você! Veja o passo a passo completo

Atrito constante da pele

Usar shorts jeans, vestidos e saias são tipos de roupas que não impedem o atrito…

Muito pelo contrário, essas roupas favorecem o atrito entre a pele.

E como sabemos, o atrito constante provoca irritações na pele e facilita o aparecimento de assaduras nas coxas e virilha.

Uso de absorventes

Muitas pessoas que já usaram absorventes descartáveis relatam ter sentido alergias, coceiras, vermelhidão…

E, até mesmo assaduras na virilha!

O absorvente abafa a região genital, deixando a vagina ainda mais úmida

E se tornando um grande responsável pelo aparecimento da dermatite friccional.

No entanto, esse não é o único problema dos absorventes descartáveis…

O ciclo menstrual influencia na nossa saúde de diversas maneiras, inclusive, na flora vaginal.

A nossa imunidade sofre algumas mudanças que acontecem devido às alterações hormonais durante o período pré-menstrual…

Em razão disso, o nosso sistema imunológico fica mais vulnerável durante essa fase do mês.

Vou te explicar melhor: com a chegada da menstruação há um aumento do número de fungos  que vivem na região vaginal devido à descamação do endométrio... 

Com isso, o pH vaginal fica desequilibrado, a temperatura fica mais elevada e a vagina mais úmida…

Essa situação cria um ambiente favorável para que haja a proliferação do fungo que ocasiona a candidíase.

Entendendo isso, agora, precisamos explicar o motivo pelo qual o absorvente piora toda essa situação…

Ao usar o absorvente, você estará abafando a região genital e impedindo que haja ventilação na mesma... 

Dessa forma, o absorvente aumenta a umidade e a temperatura da vagina e a proliferação de fungos e bactérias fica ainda mais fácil!

Por esse e outros motivos, estamos sempre indicando o coletor menstrual!

Os absorventes descartáveis além de serem prejudiciais a nossa saúde íntima…

Contribui na produção de lixo e prejudica a saúde do nosso planeta também!

Além disso, muitas mulheres tendem a ter alergia aos materiais utilizados na fabricação dos absorventes tradicionais. 

Por esse motivo, o coletor menstrual é a opção mais saudável para a nossa saúde íntima!

Quer saber mais sobre o coletor menstrual?

Veja aqui: Motivos para você comprar o seu coletor menstrual

Como evitar assadura na virilha?

Se você sofre frequentemente com a dermatite friccional, a hora é agora!

Você sabia que é possível evitá-la ao tomar algumas precauções importantes que podem ser adotadas no dia a dia?

Confira abaixo quais são essas precauções logo a seguir:

Usar roupas mais largas

Se você quer fugir da assadura na virilha, é preciso evitar usar roupas apertadas, como calça jeans, legging

Isso porque esse tipo de roupa favorecem o atrito nesta região. 

Sendo assim, é legal optar por usar roupas mais larguinhas.

Além disso, como já falamos aqui, os tecidos sintéticos não são muito recomendados

Esse tipo de tecido dificulta que o suor seja evaporado e a umidade fique em contato com a região da virilha, e com isso, podem surgir assaduras na região. 

Por esse motivo, é importante dar preferência para roupas largas e tecidos que facilitem a evaporação do suor

Além disso, os tecidos sintéticos aumentam a probabilidade de alergias comparados aos tecidos compostos por fibras naturais.

Usar roupas íntimas confortáveis

Outra recomendação é apostar nas calcinhas de algodão, porque ajudam na absorção do suor. 

Esse tipo de tecido é o mais indicado para o dia a dia porque ele permite que o ar circule sem deixar a região abafada e úmida demais.

Por conta do seu tecido natural, o algodão além de melhorar a circulação do ar, ele também diminui a probabilidade de alergias na região íntima.

O tecido de algodão permite que a transpiração evapore, prevenindo o risco de infecções, irritações e alergias.

Ou seja, usar calcinha de algodão pode ser a melhor amiga da sua vagina!

Além disso, você sabia que usar camisolas e pijamas soltinhos proporcionam os mesmos benefícios de ficar sem calcinha durante a noite?

O conforto oferecido por essas peças são tão importantes quanto dormir sem peça íntima ou usar uma calcinha de algodão.

Afinal, são peças que deixam a região vaginal ventilada ao longo do seu sono da beleza.

Incrível, né?

Então, se você ainda não está pronta para abrir mão de dormir sem roupa íntima, você pode usar uma calcinha de algodão e arrasar com seu pijama fofinho.

Fazendo essa combinação, você garante uma noite de sono maravilhosa…

E melhor ainda, vai estar cuidando da sua saúde íntima!

Evitar temperaturas altas

Você também precisa se atentar para a limpeza da virilha.

Sendo assim, é importante evitar o uso de buchas na hora do banho

Isso porque a virilha é uma região sensível e o material das buchas de banho podem causar irritação na pele! 

Aliás, é necessário tomar banho regularmente, para garantir a higienização adequada, e secar bem a virilha logo após.  

E lembre-se que o ideal é não tomar banhos com a água muito quente, ok?

Cuidar da hidratação da pele

Se a sua pele for bem seca, ela tem a tendência de ficar com assaduras na região com mais facilidade.

Além disso, se você pratica exercícios físicos, deve tomar cuidado redobrado para não ter assadura na virilha

Isso porque esportes e exercícios exigem muito do nosso físico, e, acabam ocasionando no excesso de suor…

Além de causar bastante atrito entre as virilhas e as pernas. 

Sendo assim, você pode optar por usar hidratantes e óleos próprios para a região da virilha

Isso vai ajudar a manter sua pele mais hidratada e não causar assaduras.

No entanto, nada de exagerar, ok?

Se você usar cremes de forma excessiva, vai acabar deixando a sua pele muito úmida e favorecendo o aparecimento da dermatite friccional.

Cuidado com a depilação

Se você tem o costume de depilar a virilha, é importante estar atenta aos métodos de depilação!

Por exemplo, o uso de cera pode causar sensibilidade na região e deixá-la mais vulnerável.

Sendo assim, após a depilação, é legal usar roupas mais confortáveis, como pijamas, calças largas e calcinhas de algodão

Isso vai ajudar na cicatrização da região e evitar irritações ou atritos na pele.

Chegamos ao fim de mais um conteúdo recheado de curiosidades e informações aqui no Blog da Fleurity!

Esperamos que você tenha gostado e todas as suas dúvidas tenham sido esclarecidas.

Caso você ainda não siga a Fleurity Brasil no Instagram, corre para seguir! Sabe por quê?

Lá no Instagram postamos conteúdos todos os dias no feed e nos stories, abordando assuntos como saúde feminina, menstruação, sustentabilidade e muuuito mais.

Eu te espero no próximo conteúdo, beijinhos!

Carrinho de compras

Não há mais produtos disponíveis para compra

Seu carrinho está vazio.

✔️ Produto adicionado com sucesso.