Menopausa: o que é, sintomas e quando ela ocorre

Menopausa: o que é, sintomas e quando ela ocorre

Todas as mulheres e pessoas que menstruam passam por um processo natural de envelhecimento do organismo. Uma das mudanças causadas por esse envelhecimento é a menopausa, um fenômeno que sinaliza o fim da fase reprodutiva e das menstruações.

Mas você sabe exatamente como ocorre a menopausa e quais sintomas essa transição pode trazer? Neste guia, explicamos um pouco mais sobre o assunto para você ficar atenta às mudanças do seu corpo, confira.

O que é menopausa?

A menopausa é o nome dado à última menstruação da mulher, o que indica o fim da fase reprodutiva. Ela acontece quando o corpo esgota o estoque de óvulos, liberados mês a mês desde a puberdade.

Podemos dizer que a menopausa acontece em fases. A primeira delas é a perimenopausa, um período de transição, em que começam a ocorrer oscilações de níveis hormonais e os primeiros sintomas.

Essa fase pode ter duração curta, com apenas alguns meses, ou permanecer por até 8 anos. O mais comum, contudo, é que o período de transição dure em média entre 4 e 5 anos.

Depois da perimenopausa, acontece a menopausa, ou seja, o momento em que ocorre a cessação permanente da menstruação e a perda da atividade ovariana. Tecnicamente, a menopausa acontece logo após a última menstruação, contudo, os médicos só a consideram após 12 meses consecutivos de amenorreia, ou seja, ausência de sangramentos menstruais.

Por fim, ocorre a fase de pós-menopausa, em que os sintomas permanecem e podem se intensificar. Algumas mulheres sentem os sintomas da pós-menopausa por até uma década após a transição, no entanto, existem tratamentos que podem aliviá-los.

Por que a menopausa ocorre?

A menopausa é um fenômeno natural e ocorre porque, com o avanço da idade, os ovários param de produzir dois hormônios importantes, o estrogênio e a progesterona. Com a diminuição desses hormônios, a ovulação passa a acontecer com menor frequência, até que cessa permanentemente.

Além da menopausa espontânea, existem casos em que a menopausa ocorre em resposta a intervenções médicas que comprometem o funcionamento dos ovários, como quimioterapias e radioterapias.

Com quantos anos a mulher entra na menopausa?

Nos países ocidentais, é comum que a menopausa ocorra em mulheres entre 45 e 55 anos, sendo a idade média de 51 anos.

Existem casos, no entanto, que ela pode acontecer de maneira precoce, entre os 40 e os 45 anos, ou tardia, após os 55. As causas que podem levar a essas situações são alterações genéticas, hereditariedade, doenças autoimunes e tratamentos com quimioterapia e radioterapia.

Quais os sintomas da menopausa?

O sintoma mais comum da perimenopausa é a irregularidade menstrual, até que a menopausa acontece. Nesse período a mulher também pode começar a sofrer com outros sintomas, como as ondas de calor, que costumam começar antes das menstruações cessarem e afetam mais de 75% das mulheres.

Outros sintomas que podem ser notados tanto na perimenopausa quanto na menopausa são:

  • suores excessivos;
  • irritabilidade e alterações de humor;
  • alterações de sono;
  • mau-estar;
  • alterações da pele do aparelho urogenital;
  • atrofia vulvo-vaginal;
  • diminuição da lubrificação vaginal;
  • perda de libido;
  • perda de massa óssea;
  • aumento da gordura abdominal;
  • enxaqueca.

A diminuição na produção de hormônios também pode aumentar o risco de doenças como osteoporose, doenças cardiovasculares, hipertensão, diabetes e câncer de mamas, ovários e endométrio.

Além disso, após a menopausa, não há mais chances de gestação natural com os óvulos da própria mulher. Contudo, a gravidez ainda pode ocorrer, com óvulos doados. 

Como vimos, a menopausa é um fenômeno natural que ocorre conforme o avanço da idade. Por conta da diminuição de hormônios, ela representa uma fase de muitas mudanças para a mulher e pode vir acompanhada de diversos sintomas indesejados.

Para lidar com eles da melhor forma e garantir mais qualidade de vida, é possível recorrer a tratamentos como a reposição hormonal e, em alguns casos, até mesmo o uso de antidepressivos específicos.

O tratamento mais indicado, no entanto, só pode ser recomendado por um profissional qualificado. Assim, é fundamental contar com acompanhamento médico.

Agora que você já sabe tudo sobre a menopausa, conheça também as 5 principais doenças ginecológicas.